sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Cada vez mais... médicos se parecem com advogados.

Greve é um direito do trabalhador.
E para lutar por seus direitos um médico deixa uma criança morrer.

Existe algo muito podre rondando a alma das pessoas. Os sem noção andam a solta espalhando incoerências e a maioria das pessoas aplaude. Ai tem sempre um que fala que a culpa é do governo por isso ter acontecido.

Pau no cú do governo, desde quando assassinato tem justificativa.

Pergunto: Como será que este médico ao voltar para casa olhou para seu próprio filho?

Tolerância zero. Estes "médicos" que lutaram por seus "direitos" são...



CRIMINOSOS E ASSASSINOS

E como tal devem ser tratados.

3 comentários:

Carla disse...

Todos nós temos direitos e deveres.
Aqueles que fazem greves, lutando por seus direitos, devem estar atentos ao seu redor.
Certas situações e profissões não podem admitir negligências e perdas de vida.
Bjo pra ti, pras meninas e otimo findi.

Rachel disse...

é... depois de comentar isso, sentimos na pele né?
mas nem todos são assim, graças à Deus! bom, reclamamos, protestamos, mas... será que muda?
todo lugar tem joio e trigo amor, todo lugar
bjs

Stanislaw Callmann disse...

O que os advogados tem a ver com isso?